top of page

Ingresso e carreira do médico veterinário do Exército Brasileiro

Caros,

Coloco aqui post sobre a carreira de médico veterinário no Exército Brasileiro, desde as formas de ingresso, a formação inicial, as áreas de atuação e outras partcularidades da careira.

Acredito que sejam informações úteis para estudantes que estão considerando entrar para as fileras do Exército como médico veterinário, já que estas informações, apesar de públicas, não se encontram condensadas em um só lugar.

Vamos lá:

1. Ingresso:

São duas formas: concurso público e seleção regional. O ingresso pela primeira forma o tornará um oficial concursado (ou “de carreira” no jargão militar) e pela seguda o tornará um oficial contratado (ou “temporário”).

a. Oficial de carreira: o concurso é organizado pela Escola de Formação Complementar do Exército (EsFCEx) e ocorre todos os anos com número de vagas normalmente girando em torno de 3 a 5.

A denominação correta do concurso é:

Concurso para a admissão ao Curso de Fomação de Oficiais do Quadro Complementar.

Para maiores informações entrem no site:

O concurso é constituido hoje de questões de geografia do brasil, história do brasil, português, língua estrangeira, e questões específicas de Medicina Veterinária. Há alguns cursinhos para concursos que tem apostias e aulas voltadas especificamente para este concurso (como o CEPREM).

b. Oficial temporário: a seleção regional é feita por uma Região Militar (RM), organização militar que centraliza a administração de uma região do país.

São 12 RM no Brasil todo:

  1. 1ª RM – Rio de Janeiro – http://www.1rm.eb.mil.br/

  2. 2ª RM – São Paulo – http://www.2rm.eb.mil.br/

  3. 3ª RM – Porto Alegre  RS – http://www.3rm.eb.mil.br/

  4. 4ª RM – Belo Horizonte MG – http://www.4rm.eb.mil.br/

  5. 5ª RM – Curitiba PR – http://www.5rm5de.eb.mil.br/

  6. 6ª RM – Salvador BA – http://www.6rm.eb.mil.br/

  7. 7ª RM – Recife PE – http://www.7rm7de.eb.mil.br/

  8. 8ª RM – Belém PA – http://www.8rm8de.eb.mil.br/

  9. 9ª RM – Campo Grande MS – http://www.9rm.eb.mil.br/

  10. 10ª RM – Fortaleza CE – http://www.10rm.eb.mil.br/

  11. 11ª RM – Brasília DF – http://www.11rm.eb.mil.br/

  12. 12ª RM – Manaus – AM – http://www.12rm.eb.mil.br/


As 12 Regiões Militares e suas áreas de atuação.

As 12 Regiões Militares e suas áreas de atuação.


A seleção é realizada juntamente para Médicos, Farmacêuticos, Dentitas e Veterinários e por isso é comumente chada de seleção para o MFDV.

2. Curso de formação:

a. Oficial de carreira: se admitido no concurso supracitado, o ingressante inicia o Curso de Formação de Oficiais, na EsFCEx, Salvador – BA.

O curso dura aproximadamente 1 ano e constitui-se e formação militar inespecífica (fardamento, regulamentos militares, treinamento físico, tiro, etc.) e militar específica (medicina veterinária militar).

Há várias provas ao longo do ano (conhecimentos inespecíficos, específicos, prova física, prova de tiro, avaliação de atributos psicossociais) e no final o aluno é classificado dentro da turma. Nas últimas semanas do curso o Estado Maior do Exército divulga os locais em que há necessidade de médicos veterinários e os alunos escolhem para onde irão de acordo com a ordem de classificação do curso.

Com a conclusão do curso o aluno é promovido a 1º Tenente.

b. Oficial temporário: se admitido na seleção para MFDV o candidato realiza um curso de 45 dias.

O curso é chamado EAS (Estágio de Adaptação ao Serviço) e é realizado em vários quartéis pelo Brasil, de acordo com a Região Militar. Por exemplo: se o candidato se inscreve na 1ª RM (Rio de Janeiro – RJ) ele pode realizar o EAS no Centro de Preparação de Oficiais da Reserva do RJ (CPOR-RJ) ou na Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN), em Resende-RJ. Após o curso  militar é designado para uma organização militar que necessite de um profisional de sua especialidade, dentro da Região Militar em que ele foi selecionado.

Com a conclusão do curso o aluno é promovido a Aspirante a Oficial.

3. Carreira militar:

a. Oficial de carreira: o médico veterinário concursado passa toda a carreira no Exército Brasileiro.

Há um plano de carreira que se inicia com o posto de 1º Tenente, passa por Capitão, Major, Tenente Coronel e Coronel. Essa progressão depende de tempo e de avaliações de desempenho em trabalho, físicas e de tiro, além da conclusão de cursos de aperfeiçoamento profissional, línguas, medalhas, entre outras.

O médico veterinário militar irá atuar nas vertentes de proteção à água e aos alimetos (controle de qualidade e inspeção de alimentos), saúde pública e biossegurança dos quartéis e das operações militares e saúde animal (clínica e cirurgia de caninos e equinos) basicamente.

A área de atuação depende de vários fatores como a organização militar em que se trabalha (principal fator), a aptidão do militar, as prioridades do comandante, etc.

Há ainda poucos quartéis em que os trabalhos do médico veterinário pode envolver animais silvestres (zoológicos), pesquisa e inovação, controle e planejamento de atividades, entre outras.

Há a possibilidade de transferência de quartel mediante a um processo regulado pelo Departamento Geral do Pessoal do Exército.

b. Oficial temporário: o médico veterinário contratado trabalho no máximo 8 anos no Exército.

O militar temporário, ao ser declarado Aspirante a Oficial assina um contrato com o Exército por um ano, renovável por no máximo mais sete vezes.

A progresão de postos é Aspirante a Oficial -> 2º Tenente – > 1º Tenente.

Seja como oficial de carreira ou temporário, o médico veterinário torna-se um militar, com os mesmos deveres e direitos de todo militar, com pequenas particularidades.

This slideshow requires JavaScript.

Acredito ter sido útil para aqueles que querem seguir estes caminhos! Salve Muniz!

4 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page