top of page

Comissão de Estudos de Alimentação das Forças Armadas se reúne em Brasília

Garantir a segurança de alimentos e a melhor gestão dos serviços de alimentação, focando na garantia do alimento saudável. Esse foi o objetivo da primeira reunião técnica para o planejamento dos exercícios de Segurança dos Alimentos nas Academias Militares para o ano de 2016, realizado entre os dias 25 e 29 de abril no Ministério da Defesa, e que contou com a participação de representantes das Forças Armadas e da Subchefia de Logística (Subilog) do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas (EMCFA).

Desde 2009, escolas como as academias militares das Agulhas Negras (AMAN), e a da Força Aérea (AFA), incorporaram na formação de militares de intendência, que cuidam de toda a parte de suprimento e finanças das Forças, temas relacionados à segurança de alimentos.

Desde então, mais de 830 cadetes se formaram com esse tipo de capacitação e estão aptos a atuar multiplicando o conhecimento adquirido nas unidades militares em que forem trabalhar.

A reunião também tratou de assuntos de interesse do projeto estratégico de Estruturação do Sistema de Defesa Alimentar, com a finalidade de identificar possíveis colaboradores para a realização de novas pesquisas e contribuições na área da boa alimentação.

Visita técnica


O encontro contou ainda com uma visita técnica à Universidade de Brasília (UnB), onde os participantes puderam conhecer o projeto “Percepção de Risco de Contaminantes Através da Entrada de Alimentos Clandestinos por Fronteiras”. O trabalho foi desenvolvido por alunos de pós-graduação da UnB, sob a coordenação do professor Cristiano Barros de Melo, em parceria com fiscais da Receita Federal, Polícia Federal e Vigilância Agropecuária Internacional do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Vigiagro).

O estudo analisa os prováveis riscos da entrada de alimentos não autorizados no país, contribuindo para a prevenção de catástrofes sanitárias. Esses alimentos podem chegar ao País por meio dos aeroportos brasileiros, assunto de interesse do projeto estratégico de Defesa Alimentar do Ministério da Defesa.

Fonte: Ministério da Defesa

2 visualizações0 comentário
bottom of page