top of page

Cães da Polícia Militar do Rio de Janeiro multiplicam a apreensão de drogas e armas por 20

Caros leitores,

Posto aqui notícia muito boa, do portal do IG, sobre o Batalhão de Ações com Cães, o BAC, da Polícia Militar do Rio de Janeiro.

Os números são impressionantes: em 3 anos (de 2010 a 2012) de utilização correta dos cães de faro houve multiplicação de apreensão de drogas e armas por 20!

Parabenizo aqui todos os integrantes do BAC, em especial nossos colegas Médicos Veterinários, sob o comando do Capitão Veterinário Veríssimo pelo trabalho!!

Agradeço ao Cap Rabello, do 6º DSup (Salvador – BA) e sempre presente no blog, pela notícia!!!


Fonte: (Divulgação BAC/PMRJ)

As estrelas do Batalhão de Ações com Cães. Fonte: (Divulgação BAC/PMRJ)


Coloco aqui também, parte de outra notícia sobre o BAC, já mais antiga, veiculada pela imprensa oficial do RJ e algumas fotos, inclusive fotos históricas do Batalhão, que data de 1955.

Tratamento veterinário

 Uma equipe médica veterinária fica de prontidão 24 horas para atender os cães que se ferem em operações policiais. Entretanto, o foco do trabalho no setor de atendimento é profilático.


Capitão Priscila Naurath realiza atendimento clínico no BAC (Fonte: Imprensa Oficial RJ)

Capitão Priscila Naurath realiza atendimento clínico no BAC (Fonte: Imprensa Oficial RJ)


– Para nós, o importante é que o animal não fique doente. Temos um calendário preventivo de atendimento. O percentual de baixas, de 5%, é muito pequeno. Além disso, também contamos com um centro cirúrgico e ficamos de plantão quando nossos policiais e cães estão participando de algum tipo de operação. Há casos em que vamos às operações para um atendimento mais rápido – disse a capitão veterinária, Priscila Naurath, de 43 anos.

 Além da clínica veterinária, o batalhão atua com o suporte de 30 viaturas climatizadas para o transporte dos animais. Mais informações sobre o Batalhão de Ações com Cães podem ser obtidas no Facebook (facebook.com/bacpmerj) e Twitter (www.twitter.com/bac_canil).

This slideshow requires JavaScript.

Salve Muniz!

0 visualização0 comentário

Comments


bottom of page